segunda-feira, julho 16, 2007

Joel Nascimento

Antes de comentar o álbum, quero comunicar aos visitantes algumas mudanças que estão ocorrendo no blog. A primeira delas é que a colaboradora Nieu. infelizmente deixa de contribuir na parte musical, porém continua nas atividades artíticas visuais do coletivo Notas Agudas. Digo "coletivo" pois, para quem não sabe, o Notas deixou há muito de ser apenas um blog musical e se transformou também num projeto de street art, através do qual produzimos lambs, stencil, graffis, poster... em breve faremos um fotolog com fotos dos nossos trabalhos; quando ficar pronto vocês serão avisados.
A outra mudança é que, por ficar sozinha nas postagens musicais, elas voltam a ser livres (sem programas). Acredito que assim conseguirei manter o blog sempre atualizado e atenderei mais pedidos.
Temos um novo link parceiro: a web rádio 24h Vibe Mix.





Joel Nascimento nasceu no Rio de Janeiro no dia 13 de setembro de 1937, quando criança e adolescente estudou cavaquinho, piano e acordeon.
No início da década de 60, abandonou a música em decorrência de problemas auditivos, se tornou técnico radiológico e passou a trabalhar em vários hospitais.
No ano de 1969, através de seu irmão, Jair voltou a freqüentar rodas de choro, ganhou um bandolim e pôs-se a estudar o instrumento.
A primeira obra que executou como bandolinista foi a suíte "Retratos", composta por Radamés Gnattali. Depois disso começou a participar de gravações, tornando-se um dos bandolinistas mais requisitados pelos intérpretes.
Seu primeiro disco solo é "Chorando pelos dedos" lançado em 1975. Aliás se alguém tiver, pode me mandar que deve ser simplemente divino.
Em 1977, participou, ao lado de Paulo Moura, Waldir Azevedo e outros, do lendário show "Choro na praça", logo depois lançado em disco.
Participou da formação original da Camerata Carioca, é famoso por sua grande capacidade de improvisar, o que o diferenciava muito Jacob.
Tocou ao lado de músicos como o guitarrista inglês John McLaughin, Paco de Lucia, Raphael Rabello e Artur Moreira Lima, excursionando por vários países e recebendo muito prêmios de melhor instrumentista.
Neste albúm, Joel homenajeia Jacob do Bandolim interpretando suas canções de um jeito deliciosamente leve, sempre marcado pelos seus preciosos improvisos.

01. Noites Cariocas
02. Mimosa
03. Reminiscências
04. Bole-bole
05. Doce de coco
06. Salões imperiais
07. Remelexo
08. Dolente
09. Alvorada
10. Vibrações
11. Diabinho maluco
12. Cristal
13. La duchesse
14. Feia (Pertinho do céu)

Link

...Bon Voyage!

ao som de Funkier Than A Mosquito's Tweeter - Nina Simone

2 comentários:

ni. disse...

Hummm, que raiva desse pc sem som...

Beijiscos e lambões

Auricelio disse...

valeu pela postagem. Choro é bom demais.....