quinta-feira, novembro 23, 2006

Aralume


Formado em Recife em 1970, foi o mais importante grupo a criar uma música de câmara erudita brasileira de raízes populares. Ligado ao Movimento Armorial de Ariano Suassuna, que propunha um diálogo entre o cancioneiro folclórico medieval e as práticas criativas e interpretativas nordestinas, o grupo era composto tanto por rabeca, pífano, viola caipira, violão e zabumba quanto por violino, viola, flauta transversa. Seus integrantes eram Antônio José Madureira, Egildo Vieira do Nascimento, Antonio Nóbrega, Fernando Torres Barbosa e Edison Eulálio Cabral. Gravaram quatro LPs até o fim do grupo, em 1980.
Esse é o segundo disco, lançado em 1976; muito bonito, repleto de violas alucinantes que criam conversas inusitadas com o os outros instrumentos.
Um pouco do calor e criatividade nordestina para alegrar esse dia especialmente azul...
Formed in Recife in 1970, this has been the most important group creating classical chamber music with popular forms. Connected to the Movimento Armorial de Ariano Suassuna (Armorial Movement led by Ariano Suassuna), which was aimed at performing and adapting medieval folk melodies to northeastern Brazilian interpretative and creative songs, the group used instruments such as fiddle, fife, viola caipira (roustic guitar), guitar, bass drum, violin, and transverse flute. The musicians of the group were: Antônio José Madureira, Egildo Vieira do Nascimento, Antonio Nóbrega, Fernando Torres Barbosa and Edison Eulálio Cabral. By the end of the group’s career in 1980, they had had four albums recorded. This is their second album, released in 1976 – a very beautiful album, full of hallucinating violas conversing uncommonly with other instruments. A little of warmness and creativity to please this particularly blue day…

01. Lancinante
02. Improviso
03. O Homem da Vaca e o poder da Fortuna
04. Aralume
05. Reisado
06. Guerreiro
07. Pontuado
08. Chamada e marcha caminheira

... Bon Voyage!

Link

ao som de Confidencial - Kamau
listening to Confidencial - Kamau

2 comentários:

Anônimo disse...

essa droga de megaupload não funciona! e aí???? HELP!!!!!!!!!!!!!

thiago alcantara disse...

muito bom o dico fernando barbosa eh meu professor de historia da arte o cara eh uma lenda